Posted byTrunkael | Marcadores: , , | às 12:30 |

Desde o começo da "revolução" na Líbia percebo que acontece algo muito estranho, a mídia logo se apressou em comparar os acontecimentos da Líbia com a revolução no Egito, a diferença é que a revolução no Egito era uma revolução legítima da população, tanto que não foi necessária e nenhuma intervenção internacional, eles resolveram tudo entre eles mesmos.

A mídia mostrava que na Líbia seria a mesma coisa, os "rebeldes" avançavam e o governo ditador matava centenas de civís, com isso fizeram uma coalizão internacional para "proteger" os cívis, primeiramente através do controle do espaço aéreo. No entanto temos muitas informações desencontradas sobre a Líbia, uma delas é a falácia de que o mundo inteiro está a favor de acabar com o regime do Kadaffi a qualquer custo, mas não é bem assim, os países do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e agora também a Africa do Sul) não assinaram o acordo de intervenção na Líbia e são contra a invasão que acontece nesse exato momento.

Fora que o controle do espaço áreo, que era simplesmente para impedir que aviõies do exército Líbio atacassem a população cívil, já no primeiro dia bombardeou uma das casas de Kadaffi. O mais incrível é que isso é contado de uma forma super natural, mas não é, o controle aereo deveria apenas manter os aviões do exército Líbio no chão abrindo fogo só em ultímo caso. O fato é que os bombardeios da Otan já mataram mais de 100 cívis.

Mas ninguém fala disso, eles estão muito preocupados em legitimar a guerra como se fosse essêncial para a população de lá, mas o que não mostram é que existem mais defensores do governo do que rebeldes. Inclusive a oposição de Kadaffi rejeitou o conselho da união africana de cessar fogo enquanto o Kadaffi tinha aceitado,  enquanto Kadaffi levanta a bandeira branca a Otan aumenta a intensidade dos bombardeios.

A grande pergunta é: Por que?

Por que diabos eles não estam resolvendo isso diplomaticamente?

Por que não é interesse internacional, as potências entraram nessa guerra não para proteger cívis, entraram especificamente para tirar Kadaffi do poder e instaurar o que eles chamam de "democracia", possivelmente colocando representantes que serão mais cooperativos com as potências, que ganharão de duas maneiras, comprando petróleo mais barato e fazendo contratos bilhonários de reconstrução do país, coisa que eles já estão cansados de fazer.

Mas ninguém está preocupado com isso, a mídia tem feito um trabalho primoroso de contra-informação e conseguiu passar a idéia de que o que eles mostram é a verdade absoluta, mas não é,se você procurar, você vai achar outras versões dessa história.

Designer Webdesigner

Copyright 2010 Devaneios Gratuitos