Posted byTrunkael | Marcadores: , | às 11:50 |

Para acrescentar ao texto de paradigmas lógicos vou deixar aqui um dos conselhos baseados em magia do caos.


11. Descondicionamento, Como eu mostrei antes, é relativamente fácil fazer a troca entre convicções mágicas e dogmáticas. Porém é bom saber que nem toda convicção é tão fácil de ser descartada. Alguns níveis de nossa atitudes/convicções são notavelmente resistentes a mudanças conscientes. Realmente, algumas estruturas são capazes de 'resistir' as mudanças permanecendo camufladas ou ' invisíveis' à consciência consciente, e devem ser arrastadas e chutadas para fora, na luz dolorosa da auto-revelação.

Descondicionamento é um processo ininterrupto - até mesmo em descartar limitações (no Tantra, isto é conhecido como o maravilhoso Klesha), Freqüentemente, estruturas de convicções são ' colocadas' uma dentro da outra, e pode ter as suas raizes em uma experiência formativa poderosa.

Timothy Leary chama isto de processo de ' Impressão da Susceptibilidade' onde a impressão forma uma resposta na base para experimentar, e estabelecer os parâmetros. Os oito circuitos de consciência de Leary e a Metaprogramação pode ser empregada como uma ajuda ao descondicionamento.

Esteja atento que o Processo de Descondicionamento não é nenhuma experiência intelectual. É relativamente fácil aceitar algo intelectualmente bastando um pouco de experiência ou convicção. Leva porem mais poder entrar em ação, em uma nova posição, e arriscar em um motim emocional pode trazer bons resultados. Por exemplo, um mago masculino jovem conhecido meu examinou as suas próprias convicções sobre sua sexualidade , e decidiu que se enfocaria na sua própria repulsa/medo do homoerotismo. Ele achou que se pudesse aceitar ' intelectualmente' as atrações reprimidas dele por outros machos, e assim seu pensamento se liberaria. Ele foi então em vários encontros homossexuais, mas que não lhe deu nenhum prazer físico e somente alimentou a sua ' convicção' anterior de que isso estava errado.

Descondicionamento raramente é simples. Freqüentemente as pessoas que tiveram uma experiência de ' Iluminação' tiveram todas as suas estruturas repressivas derrubadas. Eu disse Derrubadas, e não substituídas, mas o ideal e Substituir pela sua livre e verdadeira vontade, a todo tempo, sempre que quiser. Um dos efeitos da intensa Gnosis é quebrar capas de estrutura de convicção, mas geralmente achamos que ao menos que este trabalho seja acabado, a sensação de convicção-estruturas quebradas é transitória.

O Eu, auto-regulador é o que devemos ser, não em um processo de formação, ou em um eu formado, mais adaptável às experiências. Uma das defesas mais sutis é a 'suspeita furtiva' (que pode rapidamente se tornar uma obsessão) é que você é 'melhor' que todo o resto do mundo. Em alguns círculos, isto é conhecido como ' Magusitis', e não é desconhecido aqueles que se declararam Magos Mestres, Rainhas das Bruxas, avatares de Deusas, ou os Mestres Espirituais. Se você se pega se referindo ao resto do mundo como ' gado ' , ou ' rebanho ' humano, etc, então é hora de dar outra olhada para onde você esta indo. Eu, prefiro os benefícios da empatia e a habilidade de fazer amigos do que as limitações de ser um ser reclusivo, que sonha com os escravos de serviço.

  1. Hum...

    Parabens pelo novo layout. Bem mais atrativo que o antigo.

    Convição é realmente um passo a ser objetivado em qualquer caminhada...
    é, sem dúvida nenhuma, por conhecimento de causa, um passo depois da fé. Para ser convicto é preciso se ter alcançado a fé.
    Espero que suas convicções acerca da vida e das coisas estejam o fazendo cada vez uma pessoa melhor, mais esclarecida e mais amorosa. Como vc é.
    Não penso ser essa mudança de paradigma um processo fácil... mas totalmente possível.
    Um abraço e tudo de bom.
    Avante e avante!
    VTB

  1. Bom.

  1. Não entendi nada... Francamente, esse tipo de papo furado me lembra conversa-fiada-de-palestrante-barato. Acho que vc tá pagando de inteligente para impressionar as Tchuchuca heim... Se funciona, siga em frente.

Designer Webdesigner

Copyright 2010 Devaneios Gratuitos