Posted byTrunkael | Marcadores: , , | às 15:13 | 4 comentários

Em uma matéria da Super Interessante desse mês li algo que me colocou muito medo: existe mais nada do que a própria matéria. E em cada pedaço de matéria há um oceano de nada.

Intrigante isso. Os cientistas até tiveram que fazer gigantescos cálculos para ver se as experiências com o nada não o liberariam para dominar o tudo. Felizmente não a riscos.

Mas o que me deixa mais interessado nisso tudo, é que, com essa descoberta, muitos dos acontecimentos "sobrenaturais" podem ser explicados. Vejam bem, se o tal nada existe (que paradoxal ein!) podemos dizer que quando morremos viramos nada. E que o pensamento e imaginação tem um pouco de nada, que nos leva a moldar o grande nada, ou passear por ele em sonhos. Os espíritos são nada, e com o nada em nossa cabeça podemos conversar com eles de vez enquando. Deus é o maior nada que existe, e por isso quanto mais nada temos na cabeça, mais acreditamos nele.

Posted byTrunkael | Marcadores: , , | às 15:11 | 1 comentários

A antítese mais usada pelos religiosos para tentar quebrar a teoria do Big Bang e manter Deus no seu status de Alfa é perguntando sobre o que tinha antes do Big Bang. Mas também nos leva a perguntar de onde veio Deus.
O que então tinha antes do Big Bang? O nada? O vazio? O vácuo? Antimatéria? Energia Pura?

Não. Primeiramente vamos analisar o Big Bang como sendo uma concentração de massa com densidade infinita (o que realmente é) e vamos pensar sobre o que é um buraco negro, para descobrir que tem basicamente o mesmo principio.

O fato é que se você cair em um buraco negro, antes de ser esmagado completamente, o tempo vai parar. Não há tempo no buraco negro, pois ele também é moldado pela massa, assim como já foi comprovado. Então por que perguntar ao que havia antes do grande buraco negro chamado Big Bang, se o próprio tempo não existia, assim não teria um "antes"?

Meio complicado isso, posso estar errado

Posted byTrunkael | Marcadores: , | às 15:08 | 1 comentários

Vamos todos nos unir a Deus novamente

Há uma parte de imensa importância no final do filme que merece ser lembrada, o momento em que as pessoas morrem.

Lilith (Anayami) gera um campo AT (absolute terror - terror absoluto, que pode ser chamado também de alma) tão forte, que o campo AT de todos os seres humanos começam a se desintegrar, juntando-se ao dela. Assim o corpo não consegue manter uma forma, se unindo ao todo.

Nesse momento, um pouco antes da "morte" de cada pessoa Rei Anayami (Lilith) aparece para cada um, e lhe conforta com seu mais profundo desejo. Seja um beijo apaixonado de Misato Katsuragi, um abraço de puro amor maternal de Ritsuko Akagi, ou o corpo nu da própria Rei Anayami. Todos tiveram seu mais profundo desejo realizado antes da "união".

É tão mais confortável pensar que a morte será assim, uma união com o todo, e que, ao invés da vida passar pelo seus olhos em um segundo, seu desejo mais secreto (que quase sempre é ligado ao amor) se concretize ainda em vida.

Posted byTrunkael | Marcadores: , | às 15:03 | 2 comentários

Aos 13 anos, li um livro sobre o poder da mente e descobri que a mente molda tudo.
Aos 15 anos, assisti Dragon Ball Z, e descobri que o Ki molda tudo.
Aos 17 anos, me aprofundei no mundo do RPG e descobri que a imaginação molda tudo.
Aos 19 anos, li o Mundo de Sofia e descobri que tudo era mentira.

Aos 19 anos ainda (graças a deus, seja lá quem ele for) descobri que tudo era verdade novamente.

É bem estranho quando você acredita piamente em algo, mas depois vê que os outros acham aquilo absurdo. É como eu tentar explicar a um amigo meu, que Adão e Eva nunca existiram. Ele nunca vai acreditar em mim. Mas a semente da dúvida estará plantada em sua mente para sempre.

Não vou dizer que voltei acreditar piamente que a mente molda o mundo, pois a semente da duvida ainda está se desenvolvendo na mesma. Mas creio que pelo caminho que estou trilhando, vou acabar por não só acreditar, mas ter a verdadeira de que somos produto de nossos pensamentos. E por isso, todos estão certos, mesmo os que não acreditam nisso, pois eles próprios preferiram colocar grades em sua frente, deixando sua vida ser administrada por um pseudo-deus a quem pode colocar a culpa sempre.

Comentário ao post de mesmo nome publicado pelo Acid

Não vou me alongar aqui com a discussão sobre o que acho sobre Deus, mas sim sobre o que Saramago quis dizer sobre O Fator Deus.

O texto é simples de entender, mas cada um entende do jeito que mais lhe agrada, e, creio eu, foi por isso que o Acid ficou com tanta raiva. Algumas palavras-chave, que podem ter duplo sentido e a informação de que o autor é ateu, colocariam qualquer religioso contra o mesmo.

Mas creio que para aqueles que não estão lendo o texto já pensando na crítica que vão fazer, o entendimento é imediato. José Saramago culpa única e simplesmente o "fator Deus" e não o Deus em si. O fator Deus, não passa de seres humanos fazendo de suas palavras, as palavras de um pseudo-Deus para justificar quaisquer que seja a atrocidade.

Posso dizer que, o que tem feito o texto ser mal visto perante as pessoas que acreditam no Deus verdadeiro foi partes como essa:

"E, contudo, Deus está inocente. Inocente como algo que não existe, que não existiu nem existirá nunca, inocente de haver criado um universo inteiro para colocar nele seres capazes de cometer os maiores crimes (...)"

Claro que falar explicitamente que Deus não existe e nunca existirá, é fazer com que o leitor crente se revolte contra o autor. Mas creio que isso foi usado para demonstrar sua opinião e, principalmente, para chamar a atenção do leitor às palavras que estavam por vir. Pena que para alguns funcionou de maneira contrária, criando ira e dificultando o entendimento do restante dos escritos.

Mas não percebi em momento algum, que o autor subjugou o Deus dos fieis, na verdade ele jogou a favor desse Deus, o Deus "verdadeiro", como demonstra nessa frase:

"Simplesmente lhe rogo que compreenda, pelo sentimento de não poder ser pela razão, que, se há Deus, há só um Deus, e que, na sua relação com ele, o que menos importa é o nome que lhe ensinaram a dar. E que desconfie do "fator Deus"."

A prova de que o autor está unicamente desmascarando o "fator Deus" é:

"Os deuses, acho eu, só existem no cérebro humano, prosperam ou definham dentro do mesmo universo que os inventou, mas o "fator deus", esse, está presente na vida como se efetivamente fosse o dono e o senhor dela. Não é um Deus, mas o "fator Deus" o que se exibe nas notas de dólar e se mostra nos cartazes que pedem para a América (a dos Estados Unidos, e não a outra...) a bênção divina. E foi no "fator Deus" em que o Deus islâmico se transformou, que atirou contra as torres do World Trade Center os aviões da revolta contra os desprezos e da vingança contra as humilhações."

E não é a verdade? Seja a religião que for, cada um acredita em um Deus diferente, um Deus criado pela sua mente, para melhor te servir. Se existem tantas crenças, por que teria de existir apenas um Deus?
Mas o fator Deus é aquele que, não importa a nossa crença, acaba por nos ser enfiado goela abaixo.
Sobre Deus e Fator Deus, estamos entendidos.

Mas achei bem interessante o autor de "Saindo da Matrix". Que sempre bate na tecla de que a mente molda a realidade, colocar uma frase, no mínimo, contraditória em meio a seu post: "Acreditar ou não acreditar não vai alterar nada.".

Mas não é exatamente o acreditar, que altera tudo?

Exemplo de fator Deus:

Quando no filme "Fomos Heróis" Mel Gibson reza para que Deus abençoe os EUA em mais essa batalha, e se lembra que o inimigo está rezando pelo mesmo Deus, mas para beneficio próprio, então ele completa: "E que o Senhor não ouça as preces dos inimigos. Amém.".

Posted byTrunkael | Marcadores: | às 14:40 | 1 comentários

Da solidão
Da multidão
Do ódio
Do amor
Da mentira
Da verdade
Dos outros
De si mesmo
Da maldade
Do Diabo
Do julgamento
De Deus

O que é o ser humano?
A soma de seus medos.

Posted byTrunkael | Marcadores: , | às 14:34 | 3 comentários

Há algum tempo atrás, tipo um ano ou dois, eu era um cara cético ao romantismo, não entendia o por que as mulheres choravam quando assistiam "Outono em Nova York" e me recusava a assistir qualquer comédia romântica, até que Ela apareceu. Meu único leitor sabe muito bem quem é a senhorita. Ela veio na locadora, com a irmã, e locou "As 10 coisas que eu odeio em você". E como qualquer apaixonado, comecei a ter um repentino interesse por tudo que as mulheres gostam, assisti o filme assim que ela o devolveu.

Um filme adolescente, com um pouco de comédia adolescente, apostas adolescentes e paixões adolescentes.
Resultado: Assisti ele 7 vezes. o.O

A história é bem simples. O pai da mocinha não a deixa sair para as festas sem que a irmã mais velha saia também. Essa irmã mais velha é uma rebelde sem causa, que detesta os valores impostos pela sociedade. Logo, ela não freqüenta festas organizadas pelo pessoal da escola. Mas o cara popular, que quer a primeira mocinha, paga um outro sujeito para sair com a irmã rebelde. Eles se apaixonam, ela descobre, o odeia, o ama, e tem um final feliz. Acho que vou assisti-lo hoje novamente.

O numero 10 parece ter um misticismo em filmes. Acabei de assistir "Como perder um homem em 10 dias". É um filme adulto, maduro, com personagens bem sucedidos na vida. Mas a história também é simples. Ele aposta que pode faze-la apaixonar por ele. E por outro lado, Ela tem que conquistar um homem, e perde-lo em 10 dias para fazer uma matéria de revista feminina. Resultado: A melhor comédia romântica que já assisti. Daquelas em que seu sorriso fica no rosto mesmo após o filme ter terminado.

Posted byTrunkael | Marcadores: | às 14:32 | 2 comentários

Tentei atravessar a floresta sombria da minha cidade
Mas no meio do caminho havia um vampiro, havia um vampiro no meio do caminho.

Posted byTrunkael | Marcadores: , | às 14:27 | 1 comentários

Comecei a ler o Livro "Mago a Ascensão", um RPG da White Wolf e, diga-se de passagem, o ápice do Roling Playing Game. A história é bem simples: por trás de tudo há magos, a magia sempre existiu, e foi exatamente um grupo de Magos, a Tecnocracia, que vendou nossos olhos quanto a isso, fazendo a ciência dominar sobre a magia. E os restantes, os que ainda acreditam que a humanidade deve acordar para essa realidade, são caçados como animais pelos membros da ordem da razão. E você será um deles.

Mesmo que você não jogue RPG, mas gosta de uma boa leitura, esse livro é recomendado. Me surpreendeu bastante pela verossimilhança que contém, e vou dar apenas um exemplo:

"Os magos finalmente se organizaram para destruir a tecnocracia, e aos poucos as coisas sobrenaturais estão vindo à tona, fazendo novamente, a sociedade acordar para a magia."

Agora eu pergunto: Qual são, ultimamente, os assuntos mais discutidos no mundo, senão as religiões, acontecimentos inexplicáveis e o sobrenatural de forma geral?

E ainda pergunto: qual é a religião que mais cresce no mundo senão a Wicca?

Sim, é fácil você confundir o jogo com a realidade, com tantos acontecimentos e discussões em torno disso. E é por isso que nesse exato momento, estou pesquisando esses acontecimentos, para criar uma grande aventura ^^

Posted byTrunkael | Marcadores: | às 14:24 | 1 comentários

Eu estava foleando minha pasta de textos e RPG, quando me deparei com esse texto que fica no poster do filme: "The end of Evangelion" sempre gostei muito desse texto, e vou compartilhar com vocês.

" Não seria bom se toda a gente morresse...

oceano de perdição
almas frágeis
sorrisos desonestos
objetos mórbidos
auto-destruição
estranhos cruéis
substituição do sexo oposto
cura imediata
fragilidade espalhando-se
desejo do nada
ego emprisionado
medo de separação
erros não correspondidos
medo repentino de estranhos
pensamentos perigosos
negação com estranhos
aversão à harmonia
compreensão arrogante
piedade dos fracos
fotografias embaraçosas
cicatrizes do passado
fronteiras enevoadas
divergência do senso comum
pessoas sós
pergunta de valor
ilusão com desejo
retorno ao ventre da mãe
tempo vazio
princípio de fabricações
continuação da realidade
prazo para desejar fortemente
o desnecessário eu
esse é o fim do sonho
Então, porque estás aqui?

...Queres mesmo ficar aqui? "



Reflexão sobre "The End of Evangelion", no pôster do filme

o.O

Posted byTrunkael | Marcadores: | às 14:20 | 1 comentários

Hey, unico leitor, o sujeito do Saindo da Matrix comentou algo. Ele não é muito de fazer isso. Veja:

"Trunkael, esse seu artigo é realmente MUITO bom! E fala das mesmas coisas do post, de forma bem humorada."

Fiz um comentário sobre o post do castelo, e coloquei o link daquele conto antigo "Deixa Rolar" por que ambos falam, teoricamente, da mesma coisa. Interessante.

O.o

Posted byTrunkael | Marcadores: | às 12:53 | 2 comentários

Bom, fiz uma pequena mudança e finalmente coloquei links de outros blogs, basicamente os blogs que frequento, embora os donos deles ainda não saibam que eu existo.

Vou fazer um breve comentário sobre cada um:

Eu Tenho Um Blog: O dono desse Blog eu conheço há tempos, não vou comentar sobre ele.
Saindo da Matrix: Esse cara é inteligente, sério, tem um grande conhecimento espiritual. Leio o blog dele por que sei que sempre vai ter um post interessante, que me faça pensar, diferente do de baixo.
Jesus me chicoteia: O cara faz uma nova versão da bíblia, muito mais verossimil, diga-se de passagem. Mas na verdade nunca fui lá pra ler essa versão remix das sagradas escrituras, e sim pra rir dos seus posts que sempre vêm com inutilidades humoristicas de primeira.
Mero Cristianismo: Tinha visitado a página desse sujeito e me interessei bastante pelos textos e a doutrina do C.S.Lewis, dai comecei a frequentar, é muito bom, principalmente por que o cara é religioso, mas não daqueles religiosos hipócritas que pregam uma coisa e fazem outras.

Acho que é só por hoje.

Posted byTrunkael | Marcadores: | às 11:54 | 1 comentários

O Sapo sonhou que comia moscas e que comia sapas.
O sapo acordou, e foi comer moscas e sapas.
O Sapo, satisfeito, dormiu, e sonhou que tinha uma grande casa.
O sapo acordou, e começou a construir uma grande casa.
O Sapo dormiu, em sua casa, e sonhou que nela havia um banquete de moscas, e um harém de sapas.
O sapo acordou e tentou pegar muitas moscas, e muitas sapas.
Acabou irritando muitos sapos e dormiu para sempre.

Posted byTrunkael | Marcadores: , , | às 11:54 | 2 comentários

Tem algum tempo que vários filósofos têm pensado sobre Matrix, e o fato de nossa tecnologia crescer tão rapidamente, que daqui a alguns anos, nós podermos criar uma vida artificial sem o corpo precisar morrer (algo parecido com o "sonho lúcido" do filme Vanilla Sky).

O que realmente intriga é que, se um dia nós podemos chegar a criar uma Matrix, então é possível que já estejamos vivendo dentro dela.

Creio que isso explicaria muitas coisas, como por exemplo o fenômenos sobrenaturais. Não da maneira que o oráculo explicou no segundo filme, mas sim pesadelos de nossa própria mente.

Se essa Matrix que vivemos realmente existe, não creio que seja como a demonstrada no próprio Matrix, mas sim como mostra o Vanilla Sky (se esse tivesse alguma cena de luta, seria tão bem recebido quanto o Matrix, mas, o que mais ouço sobre esse filme é: "não entendi")

Vamos voltar então, por partes. Nós seres humanos ápice da evolução, conseguimos alcançar uma tecnologia que poderia destruir todo o planeta se continuássemos a evoluir. Então um grupo de cientistas, que já começa a ganhar dinheiro com uma promessa de vida eterna, congelando nossos corpos, e fazendo agente sonhar até o resto da eternidade, manda a proposta para o governo mundial, todo o dinheiro e pessoas são usados para construção dos casulos, e os 10 bilhões de humanos seriam congelados, e viveriam em suas mentes para sempre.

Agora estamos todos nós, aqui, vivendo em sonhos, e tendo apenas pistas de que estamos confinados em nossa própria mente (ou subconsciente coletivo, ou talvez a internet como mostra o episódio 23 de Cowboy Bebop). E a cada morte dentro da morte, uma nova subconsciência é criada, e daí podemos ser outra pessoa, isso explica o fenômeno da reencarnação.

Talvez todas as fantasmagorias que aparecem as vezes, sejam nós humanos de formas diferentes. Alguém sonhando que é um fantasma, outro que é um lobisomem etc.

Os sonhos poderiam ser uma imagem distorcida de consciência paralelas, algo como juntar tudo ate que fique difícil achar que pode ser real, ou simplesmente escolher uma para ter um daqueles sonhos que realmente achávamos que estávamos acordados.

Há também a consciência distorcida, das pessoas deficientes mentais, creio que houve uma separação da mente deles, e daí cada um vive como uma pessoa diferente, mas ambas com a deficiência. Ou talvez seja sim, mas para as pessoas normais, criando o mito da alma gêmea, achar a si próprio e amar-se para sempre. Algo como Ter aprendido a jogar tão bem, que somos permitidos ficar com 2 fichas de personagens.

As pistas espalhadas nesse imenso emaranhado de consciência seriam idéias como a de Platão e seu mito de caverna, Berkley que diz que os sentidos não podem provar nada e tudo pode ser fruto apenas de nosso subconscientes, ou dos budistas dizendo que somos a materialização dos nossos próprios desejos.

Na verdade não importa muito como é, e por que é. O que importa é que o servidor deve estar entupido de informações, ficando lento, e estúpido, pois do jeito que o mundo se encontra, só pode ser esse o problema, e por isso vem filmes como Matrix, para que alguém possa acordar e reiniciar o sistema.

Posted byTrunkael | Marcadores: , , , | às 11:54 | 2 comentários

Ela é Rainha e ninguém pode com ela.
Ela é Rainha e manda em todas elas.
Ela é Rainha e tem comida na boca todos os dias.
Ela é Rainha e nada lhe falta.
Ele é Rainha e só ela tem filhos.
Ela é Rainha e é a única que não pode sair da colmeia.
Ela é a Prisioneira de seu próprio poder.

(paráfrase ao haicai escrito por Tyler Durden (Edward Norton), no filme: "Clube da Luta")

Posted byTrunkael | Marcadores: , , | às 11:54 | 1 comentários

Os Sonhos devem ser impossíveis, se não chamariam objetivos, então vou catalogar aqui meu maior sonho. Voltar a ter 4 anos e meio, época em que entrei na escolinha, sabendo de apenas uma coisa: A vida acaba rápido, e não temos tempo para sentir vergonha, ou ter arrependimentos, só isso.

Objetivo

Parar de viver em sonhos e viver mais na relidade, mesmo que seja suja e podre.

Designer Webdesigner

Copyright 2010 Devaneios Gratuitos