Posted byTrunkael | Marcadores: , | às 12:49 | 2 comentários

Há muito tempo eu tenho pensado sobre a origem dos problemas, e agradeço ao Black por ter arrancado do fundo de minha mente, uma das respostas que a muito, estava adormecida. Para resolver os problemas, primeiro conheça o problema. 


É muito simples se pensar superficialmente, mas bem mais complexo do que se espera. E vou repetir o exemplo do BM.
Se você está afim de uma garota, e não sabe como fazer para conquista-la, primeiramente disseque o problema. 

Qual é o problema?
Não sei o que dizer. 

Ache alguma inspiração na própria internet ou em livros com esse assunto, que rapidinho você vira um expert em cantadas e/ou romantismo.
Mas já sei o que dizer, não sei como me aproximar dela. 

Simples, aproxime-se e diga oi, se não tiver tempo peça o telefone dela e depois ligue para marcar um encontro.
Mas não estou preparado para isso ainda 

Se prepare
Você não entende, não tenho coragem de chegar nela 

Finalmente você chegou ao problema, então não preocupe com o que dizer, como encontra-la ou marcar um encontro. Preocupe primeiramente com sua falta de coragem. Com sua timidez. 

Mas como faço isso?
Ainda não sei, não tenho todas as respostas, apenas parafraseei um pensamento do BM.
Mas um conselho que pode ser seguido é: Primeiro haja e depois pense.

Posted byTrunkael | Marcadores: , | às 03:02 | 1 comentários

Não é uma coisa ruim que está acontecendo hoje. Não estou triste ou mais ou menos bem por que aconteceu algo de ruim, é simplesmente por que eu vi algo que não deveria ter visto. Coisas que sempre estiveram ali, que ninguém nunca vê, não querem ver. Mas eu vi, mais uma vez eu vi o que não deveria. Não por que essa mania de aprofundar nas conversas. De tentar explicar a mim mesmo (e a outros, as vezes) aquilo que simplesmente não é para ser entendido. Sim, a vida esta me vencendo ainda, está apertando meu pescoço, estou começando a perder o ar, a diferença é que não sou um heroi, que sempre se da bem quando está próximo a morte.

Posted byTrunkael | Marcadores: , | às 08:34 | 1 comentários

Eu estava cara a cara com ela, ela rosnava para mim, e eu rosnava para ela. Ambos estávamos em posição de ataque, os olhos dela brilhavam como de um predador. Eu não tinha medo, e depois de noites e noites apenas encarando um ao outro eu ataquei. Mas ela desviou. Me deu uma rasteira. Virou me costas e me deu uma chave. Eu não estava com medo, mas ela me segurava com força, eu estava preso, sem reação. Então ela deu uma lambida na minha orelha. Apertou mais meu pescoço, e sussurou no meu ouvido: "Nem tudo que você quer, você pode ter". Fiquei com medo, tentei sair, não consegui, continuo nas garras da Vida, quero sair dali, quero vence-la, mas como?

Posted byTrunkael | Marcadores: , | às 09:34 | 1 comentários

Minha mente dizia: Você pode tudo, você pode tudo.
Acreditei, pulei de ponta. Só que lá no fundo tinha uma pedra, bati a cabeça, quase que uma das minhas personalidades morreram.
Minha mente disse se desculpando: Há coisas que não dependem de você, há pessoas qua você não pode controlar, nem tudo tem que ser do seu jeito.
Eu sei que é assim, então por que me iludiu de novo?

Posted byTrunkael | Marcadores: , | às 03:03 | 1 comentários

Noite estranha, tudo muito estranho. Tudo que posso ser, com tudo que poderia ter. Mas sem conseguir absolutamente nada. Como se o tempo todo eu estive andando para o lado errado. Convicto que estava certo, eu andei por muito tempo, então vendo melhoras no caminho eu comecei a correr, então olhei para trás e percebi que corri todo esse tempo para o lado errado. Frustrante.

As palavras que minha mente usa para tentar me confortar, já não são mais eficases, tudo é muito confuso, tudo é muito injusto. A vida brinca conosco justamente quando a gente achava que brincava com ela. Nada mais tem graça. Tudo fica preto e branco. Mas ninguém sabe. Pois não tiro meu sorrizo do rosto apenas por esses meus problemas "psicologicos".

Designer Webdesigner

Copyright 2010 Devaneios Gratuitos